07 dezembro, 2006

UFS investe em reforma do Colégio de Aplicação

As dependências do Colégio de Aplicação (CODAP), localizado no campus de São Cristóvão da Universidade Federal de Sergipe (UFS), passa por melhorias. O prédio que foi construído há 14 anos, nunca recebeu uma reforma expressiva, mas agora devido aos recursos obtidos com a política de otimização de gastos da Universidade, as obras puderam ser iniciadas. Os trabalhos começaram em agosto deste ano e já está em fase de conclusão da primeira etapa. Até o momento, foram gastos 120 mil reais na revisão das instalações hidráulicas e elétricas, com destaque para melhorias nos banheiros, paredes e pisos de todos os espaços.

Segundo Marlucy Gama, diretora do CODAP, as melhorias foram uma reivindicação dos professores, estudantes e servidores que cobravam uma reforma significativa na escola. “O espaço físico tinha um efeito negativo no aprendizado do aluno, atentos a isto, nos mobilizamos e procuramos a Reitoria para exibir a situação do colégio”.

“Nós estávamos cansados de ver o prédio inundado toda vez que chovia”, relata o funcionário Luciano Carvalho, que espera por melhores condições de trabalho na instituição.

Para o restante das obras, foi requerido junto à Pro-reitoria de Administração (PROAD) da UFS, uma verba adicional de 49 mil para a reforma geral do auditório, com reparos na central de ar-condicionado e revestimento de cerâmica.

Projeto de preservação das instalações

Antes mesmo da conclusão das obras, a direção já pensa em fazer um trabalho de preservação das instalações do CODAP. Na opinião da diretora, Marlucy Gama, “uma ação coletiva de conscientização que envolva a comunidade e aos alunos é primordial. O espaço adequado é interessante para toda comunidade, não tão somente para nós da instituição”, avalia.

A estudante Beatriz Travália, ressalta a necessidade de manutenção do espaço reformado. Segundo ela, já há uma maior conscientização dos alunos, principalmente do ensino médio, para a preservação do ambiente.

Processo seletivo concorrido

No processo de seleção para a 5ª série para o ano letivo de 2007, o número de inscritos chegou à marca de 1131 para as 60 vagas oferecidas. “A concorrência foi de 18.8, fato que coloca a escola como um atrativo para um ensino público diferenciado e com qualidade”, relatou Marlucy Gama.

O Colégio de Aplicação (CODAP) foi fundado em 1959, como Ginásio de Aplicação (GA) da Diretoria de Ensino Secundário do Ministério da Educação. Em 1967 foi incorporado à Fundação Universidade Federal de Sergipe, tornando-se um órgão suplementar da UFS, vinculado pedagogicamente à Pró-reitoria de Graduação (PROGRAD). O CODAP atua como um espaço de ensino, estágio, pesquisa e extensão para alunos de Licenciatura e demais curso oferecido pela UFS.

Por Tais dos Santos

3 comentários:

Anônimo disse...

Muito bom o blog de vocês. Poderia ser mais explorado se estivesse na blogosfera. O uso de links é essencial para que isso aconteça. Andei olhando as matérias e senti falta de um foco mais específico. Isso me faz lembrar a fala do professor da Facom, Marcos Palacios: “o sucesso de um blog depende de muitos fatores (confiabilidade, capacidade de divulgar novidades, bom texto, continuidade de postagens, etc, etc) mas um deles é essencial: ter um foco bem identificável. É preciso ter um foco claro como forma de dar coerência e continuidade às postagens. Um blog que se propõe a falar sobre tudo, acaba por não falar sobre nada e não vai conseguir um público cativo. O Blog é uma excelente ferramenta para uma comunicação dirigida.” Mas essa é apenas uma sugestão. Abraço e parabéns pelo trabalho.

abidoral disse...

só para lembrar a estudante:
pro reitoria de administração é PROAD

Anônimo disse...

porque não são entregue as provas do teste de seleção do codap? e porque não são divulgados a lista dos aprovados e excedentes do processo seletivo como no vestibular?